Arquivo da tag: Ambiente

Aceites os abacaxis da vida

abacaxi by jailsonrp
abacaxi, a photo by jailsonrp on Flickr.

Principalmente se vierem do Amazonas, os mais doces que eu já comi.
Fui 13 vezes para o estado do Amazonas a trabalho, na segunda vez eu conheci essa iguaria, que parece ser naturalmente cozida na calda do açúcar, porém não é.
O sabor doce dessa fruta está intimamente ligado ao regime de secas e cheias que o estado passa.
Porém, eu não tinha visto um abacaxi no pé. Minha mãe sempre me contava que eles plantavam muitos pés quando eram crianças e eu sempre tentava imaginar como era.
Agora, já tenho minha própria foto do pé de abacaxi, para quando as lembranças me faltarem, eu reavive-as com essas fotos.

Sete dicas para ter uma vida mais sustentável

>Curti o link que minha amiga Ana postou no Facebook dela e acho que vale muito a pena seguir essas dicas, eu sigo 4 dicas e estou tentando melhorar com as outras:

Projeto Green Thing dá sete dicas para pessoas começarem a ser sustentáveis

O Projeto Green Thing (Coisa Verde) quer incentivar a sustentabilidade em todo mundo, incentivando e inspirando as pessoas a mudarem seus hábitos. Para isso, dão sete dicas para começar a ter uma vida mais sustentável:

greenthings Sete dicas para ter uma vida mais sustentável

Para cada dica, o projeto Green Thing criou um monstro. O site mostra também vídeos com informações sobre cada ação.

1. Caminhe: use o menos possível de motores e utilize sua própria energia para se locomover. Além de ter uma diferente percepção do local em que vive, a ação vai fazer bem para a sua saúde e não vai emitir gases do efeito estufa.
2. Fique de Castigo: cuidado com viagens de férias. Trajetos feitos de avião emitem grandes quantidades de CO2 e outros gases do efeito estufa. Por isso, planeje com mais calma os roteiros e tente viajar com trasportes alternativos. Além disso, fique mais tempo nos destinos e aproveite o loca, pode ser mais interessante que visitar várias cidades ou países no mesmo período de tempo.
3. Consumir tudo: todos os produtos que utilizamos tem um grande impacto ambiental, que é pior ainda quando o produto não é utilizado até o fim. Por isso, quando não for utilizar mais uma roupa, passe adiante. Ou ache maneiras de transformar alimentos do dia anterior em comidas novas. O importante é não jogar nada fora.
4. Diminua o consumo de carne: a criação de animais para a alimentação consome grandes quantidades de combustíveis fósseis e emite CO2 (mais que a indústria de carros). Por isso, diminua o consumo de carne da sua família e aproveie para descobrir novos sabores.
5. Use calor humano: o aquecimento das casas (mais comum em locais com clima frio) consome energia e emite CO2. Por isso, evite o uso desses aparelhos e se agasalhe melhor – principalmente se for com outras pessoas.
6. Tire da tomada: todos os aparelhos ligados na tomada gastam energia, principalmente os ligados em stand-by. Por isso, deixe todas as tomadas desplugadas e ligue somente quando for usar.
7. Use aquilo que já tem: com a rápida inovação tecnológica, é quase comum pessoas trocarem aparelhos ainda bons por modelos mais novos. Evite o desperdício e use os seus aparelhos o máximo possível.

>Hora do planeta

>
Esse post é para divulgar a hora do planeta, um evento em que todas as pessoas do mundo, empresas e órgãos públicos desligarão as luzes, hoje, apartir das 20h30, por 60 minutos. Vamos lá, o planeta ainda é a nossa única morada.

>Chuva em curitiba

>Eu ia na casa da minha irmã hoje, visitar o Gabriel e a Danielly, meus sobrinhos, pois minha mãe também estava lá.
Fui ao tubo do ônibus e simplesmente não pude sair de lá. Choveu tanto que inundou a Rua Prof. Ferenando Moreira, também conhecida como Rua dos Chorões. Os ônibus não paravam no tubo porque tava tudo cheio mesmo, ai tirei umas fotos para mostrar a capital de primeiro mundo que moro, que mostra a competência dos prefeitos dessa cidade.

>Manhã em Salvador

>
Meu grupo de viagem foi para casa hoje pela manhã, e eu fiquei um pouco a mais para dormir melhor.
Esses 3 últimos posts foram aqui do restaurante, onde estou tomando café e olhando essa vista maravilhosa, esse infinito azul me faz pensar em pipas, e almejar a felicidade futura.

>Centro Geodesico da América do Sul

>
Essa foto é o marco central da América do Sul, como não tinha placas indicando e meu GPS não funcionou lá, a nós nos basta acreditar no IBGE.

>Chapada dos Guimarães

>
Hoje iniciamos a maratona de setembro. O primeiro local é Cuiabá, e aproveitamos para ir até a Chapada dos Guimarães.
O local é bem bonito mesmo, pena que a unidade relativa do ar estava muito baixa, havia muitas partículas do suspensão, dificultando a visão à distância.