6° dia em Paris: ainda não vi metade do que eu queria

Paris realmente tem muita coisa para ser feita, acredite, é uma cidade que mereceria um mês.
Como só tenho mais dois dias aqui, já estou excluindo coisas que não terão tempo de serem feitas e que ficarão para próxima viagem. Gostaria de vir na primavera, os jardins devem ficar lindos.
Hoje teve pela manhã o museu das profissões, com o laboratório de Lavoisier, as principais invenções e a história de pesos e medidas.
No início da tarde fui até a Torre Eiffel, peguei ângulos não convencionais, tirei muitas fotos, caminhei pelos jardins, mas não subi, a fila estava de no mínimo 2h, o que desencoraja qualquer um. Muitas pessoas sentadas, desenhado, se inspirando pela visão da torre.
Depois do almoço (4h) eu fui no museu Rodin, que indico a todos, uma mansão com um jardim enorme no lado do Museu dos Invalides.
Quem acha decepcionante a Monalisa, precisa conhecer a história do pensador de 77 cm de altura.
Em todos outra museus que eu fui uma coisa chama a atenção, há muitos alunos com os professores, desde a Educação Infantil, até o Ensino Superior, inclusive, escolas levando os alunos de metrô. Acho que o Brasil precisa aprender muito com os franceses.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s