Preparando um roteiro de viagem – escolha dos voos

Minhas férias estão chegando, faltam 15 dias para eu sair de viagem e nessa semana fui almoçar com minha amiga Anvimar e ela comentou que não saberia organizar um roteiro de viagem sozinha.

Então resolvi compartilhar umas dicas para aqueles que, assim como eu sabem pensam que um pacote de viagens sai mais caro que organizar tudo sozinho. Algumas dicas, para um viajante não mochileiro, são:

  • Escolha do local

Em primeiro lugar, saiba que, em geral, todas as cidades Brasileiras turísticas são mais caras que as turísticas internacionais. Saindo do sul e indo ao nordeste brasileiro os voos chegam a custar mais caro que um voo para Santiago, Buenos Aires ou até mesmo mais caro que uma super promoção para Paris.

Se você pretende conhecer mais de um local internacional, sai mais barato ir e voltar pela mesma cidade e, além disso, cidades que têm mais opções de voos tendem a ser mais baratas, então quem vai a Europa considere entrar por Paris, na América do Sul, Buenos Aires e nos Estados Unidos entrar por Miami, mesmo que essas cidades não sejam o destino final.

Antes de bater o martelo, pense no que você quer ver, por exemplo, museus, praia, vida noturna, campo, compras etc. Não se esqueça de levar em consideração as dificuldades com o visto (como é o caso dos EUA).

A minha escolha deste ano foi por lugares clássicos que não exigem visto de entrada: Paris, Londres, Bruxelas e Amsterdam, pois tinha interesses científicos nesses lugares, além de museus de história e de arte, tem os museus de ciência.

  • Compra das passagens

A primeira etapa depois da escolha é a compra da passagem. Não compre por impulso, pois as passagens aéreas (nacionais e internacionais) oscilam muito, mas a regra é que quanto maior a antecedência, mais barato.

Acompanhe o preço quase diariamente a oscilação de preços em sites como o decolar.com, mas não compre nesses sites. Se o menor preço, segundo o decolar, está na American Airlines (AA), por exemplo, vá ao site da AA e pesquise lá, pode sair mais barato ainda. Se você tem um programa de milhagens e é um passageiro frequente às vezes compensa pagar 100 dólares a mais pela sua companhia preferida, pois uma viagem internacional para a Europa costuma render uma passagem pela Am. do Sul.

Faça várias simulações, com vários dias da semana e em vários horários, geralmente os voos de madrugada durante a semana são mais baratos, pois implicam em chegar em um local desconhecido numa hora não muito favorável, principalmente se for a primeira vez que está indo aquela cidade.

Anúncios

2 Respostas para “Preparando um roteiro de viagem – escolha dos voos

  1. Eu curti! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s